Judô Notícias

Jogos Estudantis

Edição 2019 dos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro é aberta com presença da FJERJ

2138.V

Judô Rio
Por meio do presidente Jucinei Costa, a FJERJ esteve no evento de lançamento oficial dos Jogos Estudantis 2019. Secretário de esporte do Governo do Estado, Felipe Bornier esteve presente – bem como o gerente de desenvolvimento desportivo do Comitê Olímpico Brasileiro, Kenji Saito

Por meio do presidente Jucinei Costa, a FJERJ esteve no evento de lançamento oficial dos Jogos Estudantis 2019. Secretário de esporte do Governo do Estado, Felipe Bornier esteve presente – bem como o gerente de desenvolvimento desportivo do Comitê Olímpico Brasileiro, Kenji Saito

Os Jogos Estudantis do Rio de Janeiro estão vindo por aí. O evento para o lançamento oficial do maior evento estudantil do estado aconteceu no último sábado (8), no Estádio de Atletismo Célio de Barros, no Complexo do Maracanã, e contou com a participação do secretário de esporte do Governo do Estado, Felipe Bornier. O presidente da FJERJ, Jucinei Costa, também marcou presença.

A expectativa para a edição 2019 dos Jogos é que cerca de 6.000 atletas estejam envolvidos nas 14 modalidades em disputa um total de 16 municípios, divididos por oito regiões que abrangem todo o estado do Rio de Janeiro. Ao todo, 301 escolas estão inscritas.

A competição de judô está marcada para o dia 6 de julho.

“Eventos como os Jogos Estudantis são de importância singular para o fomento e desenvolvimento do esporte de base no Rio de Janeiro, bem como faz o papel de apresentação de jovens interessados às modalidades e às competições de grande porte. É assim também com o judô. Por isso vemos o evento como central no plano que já conta com nosso Festival de Iniciantes e todo o suporte dado aos atletas das classes desde o sub-15 até o sênior”, avaliou o presidente Jucinei Costa.

O secretário Bornier comentou sobre a importância do evento. “A realização dos Jogos Estudantis do Rio de Janeiro é um dos nossos projetos pensados desde a transição de Governos, e que faz o importante resgate do desporto escolar. O esporte é uma das melhores formas de desenvolver o caráter e senso de responsabilidade dos jovens. Hoje, são mais de seis mil jovens que estão acreditando no Estado e em nossa missão de levar as políticas públicas para o interior também.”

Gerente de desenvolvimento desportivo do Comitê Olímpico Brasileiro, Kenji Saito também esteve presente e falou sobre o assunto. “O resgate deste evento é de extrema importância para o esporte e para os jovens. A secretaria está devolvendo para os atletas a chance de obter seus primeiros títulos e aos professores a vontade de descobrir mais talentos”

A Secretaria de Estado Esporte, Lazer e Juventude realiza o campeonato com apoio do SESC, Secretaria de Estado de Educação e Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação e a FAETEC.

CATEGORIAS:

Categoria A: 12 a 14 anos

Categoria B: 15 a 17 anos

MODALIDADES:

Coletivas: futsal; basquete; vôlei e handebol.

Individuais:
Atletismo; Judô; Natação; Luta Olímpica; Luta Greco Romana; Ginástica Rítmica (feminino); Xadrez; Tênis de Mesa; Badminton (A); Ciclismo; Vôlei de Praia (B).

REGIÕES:

Para que a competição seja realizada da melhor forma, o estado é dividido em sete regiões, para melhor atender aos municípios, diminuindo o descolamento dos jovens atletas.

Região – Número de escolas classificadas

1 – Baixada – 1
2 – Sul Fluminense – 1
3 – Serrana – 1
4 – Lagos I e II – 1
5 – Norte Fluminense – 1
6 – Noroeste Fluminense – 1
7 – Capital – 1
8 – 2º lugar da região com maior número de inscritos – 1

www.judorio.org
Judô Rio

Mais...

Buscas

Todas as notícias