Judô Notícias

Judô

Com Sarah Menezes de volta aos tatames brasileiros, Torneio de Abertura do Time Judô Rio é sucesso

129.V

Divulgação
Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019

Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019

Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019 Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019 Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019 Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019 Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019 Além da campeã olímpica, campeã na categoria até 52kg da classe Sênior, outras 185 medalhas foram distribuídas neste sábado (30), na Arena Carioca 1, durante o Torneio de Abertura que abriu o calendário competitivo do Time Judô Rio em 2019

Sarah Menezes está de volta. A campeã olímpica nos Jogos de Londres 2012 mudou de categoria no fim do ano passado. Havia competido apenas na Rússia, no Grand Slam de Ecaterimburgo, mas o retorno em tatames brasileiros estava guardado para uma data especial. Foi neste sábado (30) na abertura da temporada competitiva do Time Judô Rio. O Circuito Estadual – Torneio de Abertura, realizado na Arena Carioca 1, Parque Olímpico da Barra da Tijuca. Sarah (52 kg, Flamengo) saiu campeã e destacada mais uma vez no papel de inspiração.

Tão vencedora e já experiente aos 29 anos recém-completados, Sarah reservou ao Rio de Janeiro a sua reestreia nacional. Mas mais do que isso, conhece bem o papel de protagonista e voz da sabedoria com os atletas ao seu lado – o que fica claro na relação dela com os jovens.

“Fico muito feliz, é gratificante demais para mim, porque eu também comecei jovem. Ter uma pessoa próxima para treinar e competir perto de você é bem bacana, ajuda os atletas jovens a ter confiança, acreditar em si e buscar seus objetivos”, afirmou.

No tatame, o sucesso que espera alcançar nas competições futuras, sobretudo as internacionais de grande porte. Sarah venceu as três lutas que fez e garantiu a medalha de ouro na categoria meio leve da classe Sênior.

“Foi uma competição boa, fiz boas lutas – foram três – e estou feliz de estar competindo e fazendo um outro tipo de competição. Fazia tempo que eu não lutava numa competição local. É sempre de extrema importância para mim, para o Flamengo e do Estado do Rio de Janeiro”, falou após as lutas.

A competição, que valia classificação para o Campeonato Brasileiro Regional em todas as categorias, terminou com o Instituto Reação como campeão do quadro de medalhas. Foram, ao todo, 27 medalhas de ouro, 20 de prata e 28 do bronze. A Umbra ficou na segunda colocação, com nove de ouro, seis de prata e cinco de bronze. O Jequiá Iate Clube foi o terceiro, com seis ouros, seis pratas e cinco bronzes.

Flamengo e Fluminense anotaram cinco ouros cada, passo que Léo Lima de Judô (três), Judô Pinheiro (dois), Time Leão, Espaço Esportivo Claudio Leonardo, Judô Clube Leonardo Lara, Centro de Lutas GFTeam, CT Ranniery Moreira Judô Búzios e Associação Santa Cruz de Esportes, todas essas com um ouro cada, também subiram no degrau mais alto do pódio.

“O sucesso e o alcance do Torneio de Abertura mostram como o judô do Rio de Janeiro está caminhando na direção correta. É mais uma ocasião em que o trabalho organizacional foi feito com esmero de todos os envolvidos para que os clubes pudessem trazer seus talentos a uma competição de alto gabarito”, elogiou o presidente da FJERJ, Jucinei Costa.

“Contamos ainda com o primeiro grande teste da nossa transmissão ao vivo das lutas por feed próprio, um trabalho que tem sido conduzido com muito carinho para que os fãs de judô do Estado e de todo o país possam acompanhar nossas competições na íntegra pelas nossas redes sociais”, finalizou.

Confira abaixo a lista de campeões do Torneio de Abertura:

SÊNIOR

48kg – Eduarda Francisca (Instituto Reação)
60kg – Fellipe de Almeida (Instituto Reação)
52kg – Sarah Menezes (Flamengo)
66kg – Leonardo de Arruda (Jequiá Iate Clube)
57kg – Luana Costa (Instituto Reação)
73kg – Marcos Eduardo Seixas (Instituto Reação)
63kg – Carolina Pereira (Instituto Reação)
81kg – Luahn Rodrigues (Instituto Reação)
70kg – Jéssica Santos (Instituto Reação)
90kg – Cleyanderson Silva (Jequiá Iate Clube)
78kg – Dãmella Silva (Espaço Esportivo Claudio Leonardo)
100kg – Osvaldo Pereira (Jequiá Iate Clube)
+78kg – Stefanie Miranda (Equipe de Judô Pinheiro)
+100kg – Ruan Isquierdo (Instituto Reação)

SUB-21

55kg – Gabriel Lira (Instituto Reação)
48kg – Lais Paixão (Fluminense)
60kg – Victor Furtado (Jequiá Iate Clube)
52kg – Liane Lima (Instituto Reação)
66kg – Guilherme Ferreira (Umbra)
57kg – Luana Costa (Instituto Reação)
73kg – Jeferson Santos Junior (Instituto Reação)
63kg – Eduarda Silva (Instituto Reação)
81kg – Rodrigo Menezes (Instituto Reação)
70kg – Luana de Carvalho (Umbra)
90kg – Yuri Gomes (Judô Clube Leonardo Lara)
78kg – Victória Campos (Fluminense)
100kg – Adilson Filho (Associação Fuji Yama de Judô)
+78kg – Luiza Cruz (Instituto Reação)
+100kg – Yuri Santos (Umbra)

SUB-18

40kg – Jaiane Nascimento (Equipe Léo Lima de Judô)
50kg – Jônatas Luiz (Centro de Lutas GFTeam)
44kg – Beatriz Comanche (Umbra)
55kg – Cauan Mendes (Flamengo)
48kg – Beatriz Lopes (Instituto Reação)
60kg – Pedro Santos (Flamengo)
52kg – Andressa Fernandes (Time Leão)
66kg – Fabiano do Nascimento (CT Ranniery Moreira Judô Búzios)
57kg – Milena Villarinho (Instituto Reação)
73kg – Caique Miguel da Silva (Instituto Reação)
63kg – Gabriela Vaz (Fluminense)
81kg – Renan Furtado (Instituto Reação)
70kg – Luana de Carvalho (Umbra)
90kg – Pedro Alcântara (Umbra)
+70kg – Anna Karolina dos Santos (Instituto Reação)
+90kg – Yuri Santos (Umbra)

SUB-15

36kg – Maria Araújo (Jequiá Iate Clube)
36kg – Vinicius Nelo (Fluminense)
40kg – Jamily Elídio (Fluminense)
40kg – Kevin de Souza (Instituto Reação)
44kg – Mariana Nunes (Equipe Léo Lima de Judô)
44kg – Thawã Frade (Instituto Reação)
48kg – Julia Mendonça (Equipe Léo Lima de Judô)
48kg – Matheus de Souza (Instituto Reação)
53kg – Maria Teixeira (Flamengo)
53kg – Arthur Santos (Flamengo)
58kg – Alexia Gomes (Equipe de Judô Pinheiro)
58kg – Jesse Barbosa (Umbra)
64kg – Carolina Machado (Instituto Reação)
64kg – Marcos Fernandes (Umbra)
73kg – Ana Gabriel (Instituto Reação)
73kg – Matheus de Abreu (Instituto Reação)
+73kg – Maria Campos (Jequiá Iate Clube)
+73kg – Lorenzo Strahsburg (Instituto Reação)

O evento continua no domingo, desta feita com o Circuito Rio de Janeiro – 1ª Etapa. Quem quiser comparecer à Arena Carioca 1 pode fazer a doação de ao menos 1kg de alimento não-perecível. Entre os alimentos que podem ser doados estão arroz, feijão, açúcar, macarrão, óleo, leite, café e achocolatado.

A competição recomeça com a pesagem da Classe Sênior, às 8h (de Brasília). As lutas são a partir das 9h20.

www.judorio.org
Valter França

Mais...

Buscas

Todas as notícias